quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Dia da vida!!!

Hoje, três de setembro é o dia, a noite, a aurora, o crepúsculo do biólogo. Humanos, que no esforço para compreender a vida, não dão nomes ao tempo, que se doam à natureza a qualquer momento e têm o privilégio de estar inserido profundamente na dinâmica que rege a breve passada dos seres pela Terra.

Gente que respira respiração, que enche os olhos diante do fenômeno da vida e que, muitas vezes, tem a oportunidade de novamente viver nos moldes da origem, interagindo diretamente com tantas formas e cores em aglomerados de células.

O verdadeiro biólogo




é remunerado pelo meio e aprende lições que a academia jamais seria capaz de ensinar. Nos enche de esperança estar diante da eclosão de um filhote, vemos a fortaleza criada pela união quando mergulhamos com um imenso cardume de pequenos peixes, percebemos nossas limitações sob uma revoada de aves e nos damos conta que não há rótulo nos seres, apenas uma voraz necessidade de se manter vivo e de passar seus genes!

Me orgulho enormemente de fazer parte do time que luta para compreender os detalhes regentes da vida, desde a complexidade do DNA até os fascinantes processos ecossistêmicos. Time esse composto por todos aqueles que praticam sustentabilidade em prol da conservação e que abraçam a causa de forma holística em detrimento de futilidades criadas por uma sociedade que insiste em se apartar do meio vivo que a envolve.

Parabéns aos seres do mar, do mato, dos ares, das copas das árvores, dos laboratórios e das ruas... Parabéns aos conservacionistas, pescadores, mateiros, naturalistas, militantes, professores...Todo mundo, sim, tem um curioso biólogo dentro de si!