quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Sensações de um mergulho


Submergir, ser envolta por uma massa de água, voltar ao ambiente da nossa concepção. É assim quando experimento o mundo abaixo da linha do mar. Sou tomada por uma nostalgia longínqua, dos tempos uterinos, a qual remete proteção e liberdade de quem estar para começar uma nova vida.
Por todos os lados a vida nas suas mais diversas e inacreditáveis formas compartilha comigo aquele mundo de cores, líquido e salgado! A harmonia e o respeito de tais criaturas ensinam valores que nunca seria capaz de perceber enquanto imersa no ar.
Não há necessidade de movimentos bruscos, nem de intervenções físicas. Apenas energia e calor trocados com uma imensidão azul que nem o pensamento alcança onde ela finda.
A água te refresca, te balança e acalma ao som de um quase silêncio, quase canção de ninar. Assim, nesse berço de leveza a gente voa sutilmente como um sonho que se faz realidade na infinitude do oceano. 
Mergulho livre na Ilha da Trindade

Um comentário:

  1. Parabéns Fran por essa postagem linda! Realmente estar no mar é uma sensação que queríamos passar para todas as pessoas que não o conhecem a fundo. Acredito que se todas as pessoas que vivem nas cidades vissem ao menos um pouco da perfeição que regem as relações entre as espécies marinhas e o seu ambiente, com certeza as cidades seriam beeem diferentes.

    #HAMORNIA

    Forte abraço amiga



    Atenciosamente
    Marlon Delgado

    ResponderExcluir